foto user
jorge pimenta
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Arquitetura/Infinito plural
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Arquitetura/Infinito plural
voltar lista nav-leftnav-right

Infinito plural

fotografias > 

Arquitetura

2019-02-06 21:52:57
comentários (109) galardões descrição exif favorita de (131)
descrição
É o teto dos passos fundido no anis da pedra, metro sobre metro, crescendo para as imagens e para os homens, mais veloz do que a sombra, o tempo ou a loucura e assim, em contínuo movimento, atravessa as estruturas suspensas como asas de pássaros loucos que um dia quiseram fazer ninho no interior do riso de Deus. Mas o tempo passa, as pernas amolecem e a distância permanece incompleta...
Eis a essência da viagem: morde-nos a ilusão até o centro dos ossos enquanto o espaço se torna infinito plural num imperturbável labirinto que se afasta à medida que se caminha. E assim, tão perto e tão longe, todos nos tornamos libélulas enfurecidas voando, voando e voando em redor desse lugar alto e ermo onde já nem os anjos fazem morada.
exif / informação técnica
Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D750
Exposição: 1/125 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/6.3
ISO: 100
Dist.Focal: 16mm
Dist.Focal (35mm): 16 mm
Software: Adobe Photoshop CS6 (Windows)

favorita de 131
galardões
  • galardão partilhas
    partilhas
  • galardão favorito
    100
    favoritos
  • galardão popular
    foto
    popular
Infinito plural
É o teto dos passos fundido no anis da pedra, metro sobre metro, crescendo para as imagens e para os homens, mais veloz do que a sombra, o tempo ou a loucura e assim, em contínuo movimento, atravessa as estruturas suspensas como asas de pássaros loucos que um dia quiseram fazer ninho no interior do riso de Deus. Mas o tempo passa, as pernas amolecem e a distância permanece incompleta...
Eis a essência da viagem: morde-nos a ilusão até o centro dos ossos enquanto o espaço se torna infinito plural num imperturbável labirinto que se afasta à medida que se caminha. E assim, tão perto e tão longe, todos nos tornamos libélulas enfurecidas voando, voando e voando em redor desse lugar alto e ermo onde já nem os anjos fazem morada.
Tag’s: arquitetura,p/b,UGA,luz e sombra
comentários
galardões
  • galardão partilhas
    partilhas
  • galardão favorito
    100
    favoritos
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D750
Exposição: 1/125 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/6.3
ISO: 100
Dist.Focal: 16mm
Dist.Focal (35mm): 16 mm
Software: Adobe Photoshop CS6 (Windows)


favorita de (131)