foto user
jorge pimenta
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Paisagem Urbana/Night falls
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Paisagem Urbana/Night falls
voltar lista nav-leftnav-right
descrição
Chego ao cais de mão dada com a noite. Olho em redor e apenas encontro o intervalo entre o que penso e sou. À esquerda, a ferrovia abandonada; à direita, ninguém no mistério da superfície. Estou só, apenas eu e os meus erros. Falhei em todos os mistérios que quis desvendar por serem belos e inúteis, por isso falo deles para não ter de os lembrar...
E agora? Quero tudo ainda, tudo nesse infinito hiato que esconde o que não tenho; todo o estio nas tardes de invernia; o poema inteiro antes do cansaço; a palavra completa antes da epifania, quero, quero... mas o que apenas consigo é deitar-me no chão, de costas para o teto da estação, tornando invisíveis as estrelas.
Talvez não queira saber do fim que espreita, do dia que acaba e não regressa, da noite que chega e me habita, das vozes que desarrumam, talvez não queira saber de nada, de nada. Mas, como poderei, assim, arrumar o futuro?
exif / informação técnica
Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D750
Exposição: 1/80 sec
Exposição (EV+/-): -0.7 step
Abertura: f/2.8
ISO: 400
Dist.Focal: 14mm
Dist.Focal (35mm): 14 mm
Software: Adobe Photoshop CS6 (Windows)

favorita de 113
galardões
  • galardão a nossa escolha
    a nossa
    escolha
  • galardão partilhas
    partilhas
  • galardão favorito
    100
    favoritos
  • galardão popular
    foto
    popular
Night falls
Chego ao cais de mão dada com a noite. Olho em redor e apenas encontro o intervalo entre o que penso e sou. À esquerda, a ferrovia abandonada; à direita, ninguém no mistério da superfície. Estou só, apenas eu e os meus erros. Falhei em todos os mistérios que quis desvendar por serem belos e inúteis, por isso falo deles para não ter de os lembrar...
E agora? Quero tudo ainda, tudo nesse infinito hiato que esconde o que não tenho; todo o estio nas tardes de invernia; o poema inteiro antes do cansaço; a palavra completa antes da epifania, quero, quero... mas o que apenas consigo é deitar-me no chão, de costas para o teto da estação, tornando invisíveis as estrelas.
Talvez não queira saber do fim que espreita, do dia que acaba e não regressa, da noite que chega e me habita, das vozes que desarrumam, talvez não queira saber de nada, de nada. Mas, como poderei, assim, arrumar o futuro?
Tag’s: metro,B/W,arquitetura,luz e sombra
comentários
galardões
  • galardão a nossa escolha
    a nossa
    escolha
  • galardão partilhas
    partilhas
  • galardão favorito
    100
    favoritos
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D750
Exposição: 1/80 sec
Exposição (EV+/-): -0.7 step
Abertura: f/2.8
ISO: 400
Dist.Focal: 14mm
Dist.Focal (35mm): 14 mm
Software: Adobe Photoshop CS6 (Windows)


favorita de (113)