foto user
Antonio Ramos
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Fotojornalismo/ Triste vida de mendigo  (Ler descr)
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Fotojornalismo/ Triste vida de mendigo  (Ler descr)
voltar lista nav-leftnav-right

Triste vida de mendigo (Ler descr)

fotografias > 

Fotojornalismo

2015-08-03 12:20:45
Ver no mapa
comentários (136) galardões descrição exif favorita de (146)
descrição
Amigos vou fazer uma pausa para descanso (Férias) voltarei breve até lá boas férias para todos.
........................................
Triste vida de mendigo

A solidão dói-me no peito, bato, rebato por todo o lado, mas não vejo ninguém a não ser o meu fiel amigo, que faça chuva ou faça sol está sempre ao meu lado, penso em alguém, mas ela não vem.
Também...Quem vai querer viver ao meu lado, sem família, sem trabalho, sem casa, e sem dinheiro para me sustentar.
Dormindo em albergues à noite, tocando e pedindo esmola nas ruas, de dia, alimentando-me precariamente sem que uma alma bondosa dê uma esmola para eu poder comprar um pão.
E ainda dizem que dinheiro não traz felicidade, queria ver-vos viverem sem ele, nesta imensa cidade, com esta sociedade que despreza minha realidade, o cheiro da miséria.
Este é o meu destino, tocando e pedindo, para me alimentar e continuar sorrindo, esperando que um dia isso possa acabar, seja na vida, na morte, no céu ou no inferno, seja em qualquer lugar...Mas um dia vai acabar.
AR
exif / informação técnica
Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D3100
Exposição: 1/125 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/5.3
ISO: 125
Dist.Focal: 48mm
Dist.Focal (35mm): 72 mm
Software: Ver.1.01

favorita de 146
galardões
  • galardão comentários
    125
    comentários
  • galardão favorito
    100
    favoritos
  • galardão popular
    foto
    popular
Triste vida de mendigo (Ler descr)
Amigos vou fazer uma pausa para descanso (Férias) voltarei breve até lá boas férias para todos.
........................................
Triste vida de mendigo

A solidão dói-me no peito, bato, rebato por todo o lado, mas não vejo ninguém a não ser o meu fiel amigo, que faça chuva ou faça sol está sempre ao meu lado, penso em alguém, mas ela não vem.
Também...Quem vai querer viver ao meu lado, sem família, sem trabalho, sem casa, e sem dinheiro para me sustentar.
Dormindo em albergues à noite, tocando e pedindo esmola nas ruas, de dia, alimentando-me precariamente sem que uma alma bondosa dê uma esmola para eu poder comprar um pão.
E ainda dizem que dinheiro não traz felicidade, queria ver-vos viverem sem ele, nesta imensa cidade, com esta sociedade que despreza minha realidade, o cheiro da miséria.
Este é o meu destino, tocando e pedindo, para me alimentar e continuar sorrindo, esperando que um dia isso possa acabar, seja na vida, na morte, no céu ou no inferno, seja em qualquer lugar...Mas um dia vai acabar.
AR
Tag’s: Estação de S. Bento,Rua 31 de Janeiro,Igreja dos congregados,Sé catedral do Porto
comentários
galardões
  • galardão comentários
    125
    comentários
  • galardão favorito
    100
    favoritos
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D3100
Exposição: 1/125 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/5.3
ISO: 125
Dist.Focal: 48mm
Dist.Focal (35mm): 72 mm
Software: Ver.1.01


favorita de (146)